Blog do Terceirão: Hellen Carolini

helen

Particularmente, fico fascinada com o quanto cada um de nós temos peculiaridades, algumas que deixamos outros conhecerem e outras não. Ao longo de nossas vidas, muitas vezes tentam reprimir coisas únicas que sentimos ou fazemos por não se encaixar no normal e aceitável socialmente. Consequentemente, nos reprimimos e crescemos com a ideia de que há coisas que devem permanecer escondidas, coisas que fazem parte de nós que devemos tentar esconder, cicatrizes (sejam elas físicas ou psicológicas), nossas curvas, nossa fala... Porém, uma vez que você conhece a si mesmo e aprende a amar cada um de seus defeitos e qualidades, aceitar que você é único e não há maior gratificação que tal coisa, nunca podem tirar isso de você. Não perdemos mais a vez e a voz, ganhamos confiança e respeito. Aliás, não precisamos nos dar o respeito, pois ele é nosso por direito desde o momento em que nascemos. Leva tempo e não é fácil amar a si mesmo, muito mais difícil do que amar ao outro. Essa dura caminhada normalmente é feita sem auxílio. Existem modelos para seguirmos, mas não importa o quanto nos esforçarmos, sempre seremos únicos. Temos nosso próprio modelo, e isso é maravilhoso: carregar nossas dores e nossas alegrias e sentir orgulho de onde estamos e tudo que já passamos.


Um comentário até o momento

NELI BERTOL

Hellen,que Deus te ilumine e te proteja nesta nova etapa da tua vida, agora é concreto,você vai dicidir sua profissão,então minha querida que você tenha sabedoria e serenidade para ir enfrente e recolher o melhor pra sua vida.

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *